Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALMA INQUIETA

Alma estranha
gosto estranho,
que me arranha.
Alma de amanhãs
que eu não provei
sabores de maçãs
Alma de perguntas
repostas são pistas,
andam juntas.
Alma de retalhos,
Pois,flores são perfumes
tristezas,são galhos.
Alma de poeta,
Essa tristeza é
tão correta!
Vou pousar
Fora de mim...
Luciane Lopes
Enviado por Luciane Lopes em 29/09/2007
Código do texto: T673007

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciane Lopes
Mirassol - São Paulo - Brasil, 46 anos
1215 textos (60553 leituras)
47 áudios (3088 audições)
1 e-livros (120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 13:19)
Luciane Lopes