Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carlota

Amo-te
calado
Almejo-te
petrificado

Guardo para mim
tais sentimentos
Sofro, mas tem de ser assim
ainda não é o momento

Tens um namorado
e eu respeito isso
Por mais que apaixonado
é uma questão de princípio

Se me perguntarem
mas ela não vale a luta?
Mandarei se calarem
é uma questão de conduta

Se então afirmarem
mas Helena gerou uma guerra
Novamente que se calem
vivemos numa época moderna

Por fim gritarão
então sofra poeta
De resposta ouvirão
deixem a porta aberta

Não apaguem a luz
quero escrever mais um pouco
Deixem-me carregar a cruz
de quem nasceu para ser louco
Paulo Gomes
Enviado por Paulo Gomes em 29/09/2007
Código do texto: T673600
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Gomes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 30 anos
107 textos (3127 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 15:55)
Paulo Gomes