Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carência

Tarcísio R. Costa

Invade a minha alma
Um desejo, uma ansiedade,
Que atormenta o meu ser,
Não sei o porquê,
Mas esse meu tormento,
Acontece sempre no momento
Em que me lembro de você...

Estava, agora, entristecido,
Nessa crise de insegurança,
Que ultimamente tenho vivido,
Sintia-me perdido
Quase sem esperança...

Quando assim me sentia,
Dirigi meu pensamento a você,
E descobri esse porquê
Na minha poesia...

Entreguei-me a musa
Afloraram-se os meus sentimentos,
Um euforia confusa
Dominou o meu pensamento,
Sem esmero, mente obtusa...
De repente, senti eclodir
Uma nova realidade,
Era a busca da verdade...

Entrei em reflexão,
Descobriu no meu coração
Que esse tormento,
Era a saudade....

A saudade do nosso passado,
Quando na euforia
De um amor ilimitado,
Você, como eu, também vivia
No êxtase da quimera,
De um mundo de ilusões,
Mas quem pudera!

A vida, para nós dois, era
Instrumentada por nossos corações,
Que geravam as nossa emoções,
Fazendo crescer a cada dia,
Uma gama de amor
E fantasia.

E assim a gente vivia,
Num mundo de sedução...

Hoje tudo é diferente,
Tenho um triste coração carente,
Cheio de tormento e dor,
Pela lacuna deixada
Pela ausência das fantasias
 Do nosso amor.

Tarcísio Ribeiro Costa
Brasília, 05/04/2007

Tarcísio Ribeiro Costa
Enviado por Tarcísio Ribeiro Costa em 30/09/2007
Código do texto: T675080
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tarcísio Ribeiro Costa
Brasília - Distrito Federal - Brasil
547 textos (38276 leituras)
14 e-livros (613 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 00:34)
Tarcísio Ribeiro Costa