Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUERENDO QUERO O INFINITO - em nome da vida, da esperança e do amor

para a Sónia

Os teus longos e cheirosos cabelos
Deslizo os dedos até às costas desnudadas
O cheiro inebria os sentidos
Apetece morar por aí
Mas há sempre outras impressões a tirar...
E querendo quero o infinito



De ti quero tudo
desde o tesouro escondido
que sei melhor que ninguém
à voluptuosa forma do teu corpo
que já foi meu
agora apenas sonho...

Apenas amigos
apenas a pureza
uma amizade singela
honesta e crucial
sem aviso de mudanças repentinas
só pelo querer
apenas pelo gosto.

Não acredito que alguém queira mais
mais e sempre sem parar
que una essa alma deliciosa
a outrem e eu não o serei

Apesar da impossibilidade
das certezas de outras premissas
nada mais que o infinito
e agora já me apetece citar e abraçar
o Criador da espécie humana
apesar de injusto e cruel
apenas pelo artefacto
do religioso profanado pelo real.

E podendo quero tudo
mas sou feliz com o que tenho
com este amor para além do óbvio
pelos olhares que tudo dizem
e tudo calam

Por isso em cada sombra que avisto
procuro abrigar-me em ti
dar-te o que nunca te dera antes
cumprir a promessa do eterno
possuir-te pela alma
para sempre

Pois querendo
quero o infinito!


um dia vamos poder sorrir deste momento difícil, quase impossível de suportar! todos juntos somos poucos, mas mereces tudo, sobretudo o sorriso sincero e a vida a brilhar com toda a intensidade!
Manuel Marques
Enviado por Manuel Marques em 01/10/2007
Reeditado em 03/10/2007
Código do texto: T675765

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manuel Marques
Espanha, 45 anos
548 textos (59035 leituras)
50 áudios (13973 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 23:27)
Manuel Marques