Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

À quem...?

Saio procurando respostas
mas sequer tenho perguntas a fazer,
questiono apenas, o existir...
e quando vejo a cidade
como um mar de estrelas douradas,
com suas ruas desertas
e devaneios indigentes
eu me perco,
nos ecos dos meus próprios passos,
nas curvas dos meus próprios pensamentos
eu me perco.

Ssegure minha mão
se eu cair em teus braços.
penso as vezes, que não saberei me levantar,
pois quando meus olhos se abrem
a escuridão dos teus me cega
e não consigo mais me encontrar
nessa imagem borrada no espelho,
esse rosto que, eu não sei, à que pertence?
E não me encontro
em meus poemas
em minhas noites em claro,
em minhas loucas tentativas de te encontrar
entre uma e outra rima,
entre refrões ébrios e canções adormecidas.

E meus versos...
não te peço que os recite, eles não são nada!
são palavras, jogadas no papel
como uma vã tentativa de escrever-te,
recriar-te com palavras,
desnudá-lo em rimas
enquanto morro,
enquanto perco-me a buscar-te
sem rumo, sem alma...
Michelle Angel
Enviado por Michelle Angel em 03/10/2007
Código do texto: T678716

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Michelle Angel
Pedreira - São Paulo - Brasil, 29 anos
17 textos (474 leituras)
1 e-livros (31 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 12:07)
Michelle Angel