Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CHÁ DE HUMILDADE

Embora que a saudade me divida ao meio
Lançando os meus pedaços n'um profundo abismo,
Não ligo, não procuro, não envio e-mail,
E passarei bem longe do teu pedantismo...

Até que tu aprendas a ter lealdade,
Respeito e gratidão aos que te querem bem,
E nunca mais permitas que a tua "vaidade",
Machuque, desconforte, ou entristeça alguém...

Procures uma erva, chamada "humildade",
Mistures com as folhas da "sinceridade",
E ponhas uns cubinhos de "introspecção"...

Depois é só tomar apenas dez gotinhas,
E vê-lo remover essas "ervas-daninhas",
Que empestam de amargura e dor teu coração...

 

Nizardo Wanderley
Enviado por Nizardo Wanderley em 03/10/2007
Código do texto: T679278

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nizardo Wanderley
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
679 textos (93003 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 21:36)
Nizardo Wanderley

Site do Escritor