Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

>O JARDIM QUE FENECEU*

Estava plantada ali na entrada
Com todo o esmero regado
Água límpida adubo projetado
Tudo com o mais fino trato

Todas as manhãs o olhar ansioso
A espera de uma mínima atenção
Uma gota sequer foi jogada
A flor ressentida declinava em vão

Passaram os dias, os meses...
Poucos dias-meses de ensejo
Ao passar noutro jardim lá estava
A mesma flor o mesmo desejo

Os passos retrocederem cansados
A água esta secou não mais regou
A flor rosada desbotou esbranquiçada
Feneceu, noutro jardim não mais brotou

Mote do Fórum do RL
Sonia Nogueira
Enviado por Sonia Nogueira em 06/10/2007
Reeditado em 06/10/2007
Código do texto: T683197

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia Nogueira
Fortaleza - Ceará - Brasil
2369 textos (129116 leituras)
13 e-livros (700 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 04:00)
Sonia Nogueira

Site do Escritor