Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solidão



Você fica ai
Tal qual uma ilha
Perdida no oceano
Sem ter um carinho
Deserto e sozinho
Caminha nas tuas matas
Bebe da sua própria nascente
Constrói sozinho
Castelos na areia
E se banha no encontro
Do córrego com o mar
Que corre nas suas veias
E deságua em si mesmo


Será que não entende
Que a vida
Escoa
O mar seca
Mas a essência vive
Só espera
Um sinal
Para te abraçar


O homem
Não nasceu para
Ser só
Minha mão
Te acena
Deixe-me pousar
Gaivota em tua ilha
Barco em teu porto
Céu em teu peito
Sombra em teu sol
Água fresca em teu riacho
Grão de areia em tua praia


Permita-me
Adentrar-me nesse teu mar
De sentimentos
Nesta ilha de ti...
Glorinha Gaivota
Enviado por Glorinha Gaivota em 08/10/2007
Reeditado em 08/10/2007
Código do texto: T685148
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Glorinha Gaivota
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
895 textos (38592 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 19:37)
Glorinha Gaivota