Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FESTA

Foi la na festa de São Nicolau
que tomei cachaça pra xuxu,
acabei enfiando a fuça num pau
era um pau da mandacarú.

Fui caindo la num terreiro
amassei uma moita de babaçu,
era a casa de um feiticeiro
por pouco não viro angu.

Foram me surrando com reio
e ate com vara de bambu,
ate o Negrinho do Pastoreio
foi me chamando de urubu.

Me moeram na bordoada
me jogaram para um urutu,
quando voltava na estrada
cai num buraco de tatu.

Fiquei igual um atropelado
mais pelotento que o Brucutu,
com o cabelo arrepiado
pulei mais que um canguru.

Sentindo o corpo em brasa
fugi pela horta de caruru,
mas quando cheguei em casa
tomei mais uma com caracu.
GIL DE OLIVE
Enviado por GIL DE OLIVE em 08/10/2007
Código do texto: T685606
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GIL DE OLIVE
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil
2611 textos (231175 leituras)
31 e-livros (2316 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 21:36)
GIL DE OLIVE