Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIA DOS NAVEGANTES

Nesses dias os naufrágios
têm sido corriqueiros.
Ontem mesmo alguns amigos
morreram
de tédio e silêncio.

As cordas dos violões
hoje enforcam crianças
e a tal esperança
bateu asas e voou.

Mas o mar que nos afoga
pode ser o nosso chão.
Basta abrirmos as velas
de nossa nau silente.
E vencermos o medo
do que há além.

Não tenho medo do mundo:
ele é só um menino calado.
Francisco C
Enviado por Francisco C em 11/10/2007
Código do texto: T689982

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.franciscocampos.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco C
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 49 anos
363 textos (25973 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/17 23:08)
Francisco C