Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alêm do vento...

 

Despida para o amor

não o encontrei!

Senti palpitar o peito...

Olhei ao meu redor e nada encontrei

o olhar foi assim se perdendo...

A tua face imaginei colada a minha,

teus lábios nos meus...

Senti teus dedos cruzarem a minha face

brincar nas minhas orelhas,

fazerem caracóis com os cabelos meus...

A luz em teus olhos ofuscando a dos meus

fez-me fechá-los...

Enquanto o teu perfume senti invadir-me!

E teu hálito quente,

foi engolfando o meu arfante...

Arrepiei-me inteira...

Extase!

Em meu corpo e em minha mente!

Mas era somente o vento...

Mas não era o vento tão somente;

Alêm do vento era você que estava a minha frente,

eram tuas mãos que me acariciavam,

tua boca que tocava a minha...

Alêm do vento aqui tu estavas!

As memórias de meus sentimentos te materializava,

e eu me oferecia á memória de teus desejos...

Alêm do vento...

Aquêm das horas

de solidão e sofrimento!



Edvaldo Rosa

WWW.SACPAIXAO.NET

11/10/2007

Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 11/10/2007
Código do texto: T690493
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 56 anos
1741 textos (177750 leituras)
23 áudios (10678 audições)
35 e-livros (9333 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 02:06)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor