Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ofício de advertência

                      Iremar Marinho

    Cuidado com a bandalheira, as olheiras!

    O poeta revolve o caldo, o saldo.

    O poeta mantém o sentimento, o pensamento

    Contra a máquina que devora as horas,

    Contra o massacre do homem pelo lobisomem.

    O poeta é carbonário, panfletário.

    Cuidado com a cordilheira da Mantiqueira!

    Cuidado com o Santuário do Rosário!
Iremar Marinho
Enviado por Iremar Marinho em 12/10/2007
Código do texto: T691843

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Iremar Marinho de Barros). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Iremar Marinho
Maceió - Alagoas - Brasil
11 textos (201 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 21:36)
Iremar Marinho