Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
COMPENSA VIVER


Nessa roda gigante,
A cada girar... Demuda,
Nada é como antes,
A inquietude chafurda,
Sofre-se o bastante...
Há a dor pontiaguda,
Atinge o (in)constante,
“É um Deus nos acuda”!
A cada instante,
A alma sente-se desnuda,
Às vezes, (in)significante,
Deixa a voz muda,
E o coração palpitante.
-------------------
...Situação absurda?
Pode até parecer,
Mas, “sob o céu com diamantes”,
Compensa (e muito) viver.
DELEY
Enviado por DELEY em 13/10/2007
Código do texto: T692783

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DELEY
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
4981 textos (188732 leituras)
4 e-livros (1657 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 09:16)
DELEY