Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Que se abra aquela porta
Pra que eu veja a face do Meu Amor,
Esperança que minh’alma conforta
Motivo de todo meu clamor
Esse homem que tanto respeito,
E, que me respeita também,
Habita dentro do meu peito
No louvor do querer bem.
Nosso Amor é fé certeira
Cultivada no coração
Chama ardente de fogueira
Que traz viva a compreensão.
De um Amor que só aumenta
E faz surgir à emoção.
Pois, é no carinho que nos sustenta,
Que se fortalece nossa união.
Tânia Regina Voigt
Enviado por Tânia Regina Voigt em 15/10/2007
Reeditado em 11/04/2009
Código do texto: T695467

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome da autora). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Regina Voigt
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
1026 textos (48268 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 03:14)
Tânia Regina Voigt