Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tempo da delicadeza




Manhãs consumidas
Sem uma gota de prosa
Dissimula os discursos da tolerância.
Debruço na folha em brando
Pontes partidas no meio,
Erguidas sobre estatuas de areia,
Monólogos de passos largos
Com olhos fundos e tristes.


Essas manhãs não cessam, mas serram
O abstrato num mistério constelar inefável
No profundo som das flores
Vestidas todas com o tempo da delicadeza.





Jane
São Paulo. 16/07/2007
(...) ao som dos acordes voando só:


        Ando só. – Engenheiros do Hawai

Ando só, pois só eu sei aonde ir onde andei.


Jane Krist Coffee
Enviado por Jane Krist Coffee em 17/10/2007
Código do texto: T697964

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jane Krist Coffee). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jane Krist Coffee
São Paulo - São Paulo - Brasil
504 textos (69564 leituras)
1 e-livros (1206 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 00:57)
Jane Krist Coffee