Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Lábios atrevidos



Andando pela rua
Tropecei cai
Nos braços de uma loura
Que me xingou me empurrou
Mas eu não sai
Naquele jogo
De empurra-empurra
Rolamos pelo chão
Meus lábios atrevidos
Fecharam seus lábios
Calando seus palavrões
Veio a policia nos separou
Perguntaram pra ela
Se queria dar queixa
Foi eu que respondi
Que queixa que nada
Este assunto
Ainda está por resolver
A peguei pela mão.
Levei a, para meu carro.
Saímos a mil pela estrada
Na primeira curva paramos
E começamos tudo de novo
Agora foi ela
Que se jogou contra mim
Sem xingar ou empurrar
O amor aconteceu
Ali, no banco do carro!


Balneário dos Prazeres: 17 / 10 / 2007
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 17/10/2007
Código do texto: T698604
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2316 textos (149183 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 05:35)
Volnei Rijo Braga