Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
PREMUNIÇÃO


Ficarei completamente louco amanhã,
Desfilarei nu, pelas calçadas,
Acharei a psiquiatria vã,
Rirei da vida que passa apressada.

Serei a seta e ao mesmo tempo o alvo,
O entanto, entretanto, no entanto,
Do medo estarei salvo,
Habitarei no meu encanto.

Explodirei as muralhas,
Voarei livre... Espetacular,
Dispensarei as migalhas,
Que alguém queira me ofertar.

Desafiarei as normas,
Que não normalizam nada,
Aos desinformados, darei formas,
Despenarei a alma penada.

Direi palavras indecifráveis,
Convidarei os comuns para a revolução,
Comunicarei com os incomunicáveis,
Resolverei o xis da questão.

Soprarei a nuvem que encobre o sol,
Musicarei o silêncio do dia,
Retalharei o nobre lençol,
Que cobre a minha fantasia.

E quando enfim, escurecer,
Recolherei minhas asas,
Retomarei o ‘normal’ do meu ser,
E voltarei para casa...

Feliz como um cristão,
Após a eucaristia.
DELEY
Enviado por DELEY em 17/10/2007
Código do texto: T698648

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DELEY
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
4980 textos (188717 leituras)
4 e-livros (1657 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 23:25)
DELEY