Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LÁGRIMAS



Correm lágrimas como rios
Onde o sangue mistura-se impune
Segue entre o vasto lume
Das vias sem começo e fim

Onde assola o fio da navalha,
Que não corta carne ruim?
Por onde andas o poder,
Que assume outra esfera?

Ignora o grito da fera,
Que ecoa da cidade
Vítima do gosto profano
E do próprio poder insano
Como sofre a humanidade!




Ivan Amado
Enviado por Ivan Amado em 18/10/2007
Código do texto: T699631

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ivan Amado
Alagoinhas - Bahia - Brasil
18 textos (968 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 13:06)
Ivan Amado