Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESENCONTRO
 
 
AMOR NASCE E NEM SABEMOS QUANDO OU POR QUE
AMOR NÃO GANHOU SEMPRE DE QUEM AMAMOS
MUITAS VEZES AMAMOS ALGUÉM QUE NÃO NOS VÊ
NÃO SABE O QUANTO A GENTE O AMA
 
QUERIA EU AMAR APENAS ALGUÉM QUE ME AME
QUERIA EU QUE VOCÊ SOUBESSE O QUANTO TE AMO
QUERIA EU SABER POR QUE TANTO TE AMO
 
VOCÊ NÃO ME AMA, SEU CORAÇÃO A OUTRA PERTENCE
MESMO ELA NÃO LHE AMANDO, VOCÊ AINDA A AMA
MAIS VOCÊ NÃO PODE EVITAR ESSE AMOR
QUEM SABE UM DIA VOCÊ VEJA QUEM REALMENTE O AMA
 
TALVEZ ESSE DIA CHEGUE TALVEZ NÃO CHEGUE
QUEM PODE SABER QUANDO O AMOR ACABA
SABEMOS APENAS QUE QUANDO ACABA
RESTA APENAS UM VAZIO, SOLIDÃO, TRISTEZA
A INSEGURANÇA E O MEDO DE RECOMEÇAR
 
POR ISSO FICAMOS SOZINHOS
E CHORAMOS A SOLIDÃO
QUEM SABE UM DIA A CORAGEM CHEGUE
E VAMOS PROCURAR OUTRO ALGUEM PARA AMAR
PARA  ENCONTRAR A FELICIDADE
 
 
Brasília, 18/10/07
Liana Oliveira
Enviado por Liana Oliveira em 19/10/2007
Reeditado em 19/10/2007
Código do texto: T701561

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Liana Oliveira
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil
134 textos (11681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 01:39)
Liana Oliveira