Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
PASSAGEIROS DA AGONIA

Comemos o pão dormido,
Que o diabo amassou,
Sentimos-nos perdidos,
Trem que descarrilou,
E dentro dos vagões,
Procuramos em vão,
Os corrimões,
Entre as multidões,
Que buscavam o sentido,
Também estávamos indefinidos,
Vale de sombras ou luz,
Barrabás ou Jesus?
O trem da vida,
Descarrilado antes da estação,
-“Perdoa as nossas dívidas”;
Oh autor da criação!
Fieis clamavam na escuridão;
E nós dois, calados,
Pensamentos alados,
Ignorávamos o perdão,
Queríamos sim, renascer,
De todo aquele delírio,
Deixar o desejo nos envolver,
Luz contornando círio,
Como...? Não sabemos,
Mas, algo aconteceu,
Entre os dois extremos,
O mundo era você e eu,
O expresso liberdade se pronunciou,
Reorganizamos a nossa trama,
Do sonho insano que não acabou,
Acabamo-nos rolando na cama;
“Sem medo, nem dó, nem drama”.


DELEY
Enviado por DELEY em 19/10/2007
Reeditado em 17/11/2007
Código do texto: T701709

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DELEY
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
4980 textos (188712 leituras)
4 e-livros (1657 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 00:51)
DELEY