Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu Rio não tão Grande

1, vermelho, 3, azul
eu não sei onde encontras,
eu não sei o que é o sul
antes eram prendas, agora potrancas.

A velha roda de erva mate,
agora só não tem o mate
e a estancia o boi, gado
agora prédio o carro, tunado.

"Sirvam nossas façanhas..."
preucupados com suas barganhas
"... de modelo a toda terra."
Cantam, como em guerra.

"Sirvam nossas façanhas
de modelo a toda terra."
Bundz
Enviado por Bundz em 20/10/2007
Código do texto: T702192
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bundz
Cachoeirinha - Rio Grande do Sul - Brasil, 27 anos
23 textos (1094 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 11:13)
Bundz