Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 Suplica


Incessante frio da alma

Que me aprisiona e acorrenta

Eu te peço

Eu a ti imploro

Liberte-me

Eu já não agüento

Esse viver desabitado

Essa falta de acalanto

Vivo encolhido nos meus prantos

Sem uma luz

Um passarinho

Para eu fugir desse breu

Eu te imploro

Eu vós suplico

Tira-me essa agonia

Liberte-me dessas correntes

Deixa-me ser feliz

Os dias que me restam

Mande-me luz

Mande-me um passarinho










.

Glorinha Gaivota
Enviado por Glorinha Gaivota em 21/10/2007
Reeditado em 21/10/2007
Código do texto: T703601
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Glorinha Gaivota
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
895 textos (38595 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 13:55)
Glorinha Gaivota