Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

¨ABANDONADA...


Quantas vezes me senti
Tragada pelo barro
Chorava...
Chamava...
Gritava...
Fingias não escutar
Não importava-se em me acudir,
Continuavas imóvel
Sem quer me socorrer,
Sem importar que estava me afogando
Com a boca na areia.

Depois¨,
De sentir tanto desespero
E abandonada,
Decidi arranca-lo da minha vida
E dos meus sonhos.
Decidi acabar com essa tortura
Que estava dilacerando a minha alma
E fazendo-me sentir só e desnunda...
Não sei porque,
Mesmo querendo arranca-lo do meu coração,
Mesmo extirpando-o do meu pensamento
Infelizmente continuo amando-o,
Sem sonhos ou ilusões.
Sozinha, sentindo que a cada dia
Estou afundando cada vez mais
Nesse amor que tornou solitário,
Sinto-me mais só e abandonada
Pelo amor a quem teria dado a vida.
Catarina
Enviado por Catarina em 24/10/2007
Código do texto: T708216

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Catarina
São Paulo - São Paulo - Brasil, 63 anos
175 textos (9730 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 21:47)
Catarina