Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Belo fado

Ridículos chamados não atendidos
Desnecessárias passagens e mensagens desconectadas
Quando as recepções das imagens desvanecem
Os símbolos antes fortes desmerecem

São momentos de espera e sedimentação
Amor a nós se faz necessário
Não como egoísmo ou excesso de razão
Apenas deve-se ouvir o coração como emissário

Sem dor, sem angariar angustias, sem rasteiras tristezas
Necessárias são observações do nosso sentir
Sem imaginar ou tentar adivinhar sentires alheios
Análises, olhos de amor  na busca da certeza

Razões dos homens e mulheres, valores de pensantes
Ousando realizações sem compreender que procura é intrínseca
O viver acomodado, conectado, entendido e falado
É pura ilusão ou canção de belo fado
Regina Romeiro
Enviado por Regina Romeiro em 27/10/2007
Reeditado em 27/10/2007
Código do texto: T711973

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Regina Romeiro
São Sebastião - São Paulo - Brasil
485 textos (29831 leituras)
4 áudios (711 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 11:26)
Regina Romeiro