Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SUSPIRANDO EM UMA NOITE COMO ESTA FOI QUE PERCEBI QUANTO TEMPO PERDI SEM SABER QUE SEU AMOR NUNCA FOI TUDO PARA MIM



            DEPOIS QUE SEUS ATOS FICARAM TÃO SEM COR,
    SUA VOZ VIROU O PIOR DEMONIO DOS INFERNOS A CHORAR,
   SUA PELE NUNCA FICOU TÃO PODRE E DECOMPOSTA EM DOR.

SEUS OLHOS ME MOSTRARAM QUANTO DE CARNIÇA CULTIVAS EM SEU ESPIRITO IMUNDO,
                          SUAS CURVAS ANELIDEAS,
     SUA LÍNGUA DE TRAPO QUE MORDI NO ATO DE ODIO,
      SUA FAMILIA RICA E SEM FUNDOS, LEVA ORQUIDEAS.
                                         
                 DESMILINGUIDA DE SEIOS E NADEGAS CHULADA.
                     QUE PORCARIA DE SER HUMANO ERA VOCÊ.
                         Ó GRANDE MERDA EM DECOMPOSIÇÃO,
                                         TE AMO.
DIEGO HUXLEY
Enviado por DIEGO HUXLEY em 27/10/2007
Código do texto: T712753

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DIEGO HUXLEY
Sobradinho - Distrito Federal - Brasil, 30 anos
221 textos (11184 leituras)
1 áudios (42 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 05:32)
DIEGO HUXLEY