Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caminho

Sabe,
tem horas na vida em que necessário morrer,
pra que se possa renascer.
tal como fênix que morre,
pra que possa das cinzas ressurgir.

se e verdade que o que torna um rio forte
são as quedas que ele tem pelo caminho.
Bem é verdade então, que farei de minhas quedas,
a fonte de minha força.
E caí,
caí muito.

Hoje posso dizer que me reduzi ao meu mínimo,
tornei-me pequeno,
cheguei ao fundo do poço.
O caminho que me resta então,
é subir,
é crescer, tornar-me grande.
Este caminho, não escolhi,
já nem o contemplava mais.
Para este caminho fui escolhido.

Desta vez porém,
não mais andarei por caminhos já andados,
pois bem sei onde estes me levarão.
Não mais cometerei os erros que cometi,
e sobretudo, serei sempre, e sempre,
o senhor dos meus passos.
Não permitirei que ninguém diga que caminho devo tomar,
não sei por quanto tempo mais estarei aqui,
aliás, nunca sabemos,
e se assim o é,
viverei cada momento, cada instante,
como se esse fosse o último.

Que gostem de mim,
que comigo se preocupem.
Mas que me respeitem,
que respeitem minhas decisões,
minhas escolhas.
No fim das contas sou eu que sinto minhas dores alegrias,
ninguém as pode sentir por mim,
então, não permitirei que ninguém,
se arvore ao direito de tomar minhas decisões.
Ninguém aprendeu o que aprendi com minhas lições,
ninguém passou pelas quedas que passei,
só eu sei o que é olhar o mundo de baixo.
Quero crescer,
quero viver,
quero ser feliz,
mas isso somente eu posso,
ninguém o será por mim.

Cada história é única por si só,
a minha também o é.
Fui e fostes escolhida, para ela,
do nada viestes,
ao nada voltastes,
e novamente,
do nada retornastes,
para guiar-me pelo CAMINHO.
Marlon Oliveira
Enviado por Marlon Oliveira em 29/10/2007
Código do texto: T714575

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marlon Oliveira
Imperatriz - Maranhão - Brasil, 45 anos
23 textos (1256 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 13:34)
Marlon Oliveira