Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU SEM VOCÊ, E A MULTIDÃO (MÃE)

Agora sou só eu e a multidão
E um mundo pra enfrentar, e um muito pra esquecer
Tua falta tá sobrando!
Mas não sei o suficiente pra dizer, e não ser vão
O que tenho é sede de aprender

Quando não dá, fecho os olhos e pego aquela nuvem
Que me ajudou a criar, só pra fugir
E pego o que me deu de melhor
E o pior eu devolvo, sereno, sem medo
E os sonhos na cabeça, levo sem peso
Sem receio da dor e do prazer

Ela disse: - Vai em paz, você sabe eu nunca te deixo só
Não importa o que vai passar
Vou estar mesmo a te esperar
Adianta chorar, mas não acredite que vá curar
Se não aquietar a batida, e resolver a tua vida.

Descobri que o tempo leva, mas não devolve
Que ele traz, mas não segura
O punho firme é teu, o sonho ainda mais
O sofrimento a ninguém pertence
A não ser a quem tem as costas prontas.

Mas não te abandonei
Deixei-te em paz, na busca da cura
E peço pro sol quando for voltar
Me levar daqui e me devolver
Pra ti, pro teus braços...
Onde por vezes me escondi, pro tempo parar!
Acácio Véras jr
Enviado por Acácio Véras jr em 29/10/2007
Código do texto: T714988

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Acácio Véras Jr, www.acacioverasjr.multiply.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Acácio Véras jr
Teresina - Piauí - Brasil, 33 anos
56 textos (2289 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 06:11)
Acácio Véras jr