Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Esperança ao martírio humano

Gélida tundra dentro de mim trinca e derrete,
Como ave de fogo renasce algo em minha alma,
Esperança de um futuro se apresenta,
Inesperado, porém, aguardado,
Entre tantas foi a maior que me apareceu,

Da realização de meu coração e intelecto,
Renovado sentimento que antes não sentirá,
Por ninguém esperava ter esta força de dentro,
Aos outros a mim não atingirão,
Aos ventos as flechas cairão... E ileso estarei,

Corações batem juntos, calor e tranqüilidade,
Acompanhados de conforto e segurança,
Em afagos um do outro encontrei paixão,
Nos beijos longos que se passam rápidos,
Felicidade e orgulho de te encontrar,

O amor de alguém é a arma da paz,
Lembranças amargas se tornam belas,
Somente por compartilhar lágrimas salobras,
No doce de um abraço,
E no gentil sorriso que me apega,

Por isso renovação,
Não há mais angústia,
Mesmo que preocupação sinta,
Confiar é a maior dádiva que se pode ter,
Dentro do amor que me faz razão do existir.
Léo Azevedo
Enviado por Léo Azevedo em 30/10/2007
Código do texto: T716301

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o nome do autor e link da obra). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Léo Azevedo
Maceió - Alagoas - Brasil, 36 anos
47 textos (1848 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 17:12)
Léo Azevedo