Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Marcas da rebeldia

Era madrugada
Quando na porta bateu
Com pressa ao levantar
O meu coração tremeu.

Ouví gritos que ofendia
Pensei meus filhos acordar,
O homem bruto batia-me,
Sofri as dores calada.

As marcas da rebeldia
Meus filhos iam notar
-Mamãe feriu ao cair-
Buscava a estória mudar.

Meus filhos um dia,
A triste cena enxergaram,
Perdi o animo da vida
Meus filhos deixei para trás.

Exemplos que tornam feridas,
Ninquém deve esconder,
Perdi os filhos pro crime
Enganada vivo a sofrer.

Não negue a realidade,
Os filhos devem saber
São os companheiros invenciveis
Que podem lhe socorrer.
Lúcio Barbosa
Enviado por Lúcio Barbosa em 30/10/2007
Código do texto: T716310
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lúcio Barbosa
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 52 anos
59 textos (5610 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 04:08)
Lúcio Barbosa