Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OrAção

Salvem as meninas cheias de graça
das roupas pequenas e dos sonhos roubados
Salvem-nas do desamparo da vida
da parca noção de família. Que o pouco que se têm.... evola-se rápido.

Salvem as Marias, Déboras e Graças.
Também as Patricinhas revoltas... e todas
que se abrigam nas praças.

Salvem-nas!

Poupem- nas das insanas mãos
dos marmanjos
das lábias corrosivas de vazio futuro.
Das alegrias ilusórias ofertadas em esquinas.

Descubram-nas... MENINAS
que jazem adormecidas por detrás dos véus,
fractais, dessa torpe sociedade impune.

Olhem-nas!

Ofertem-lhes além das migalhas,
do quilo e do agasalho. O sorriso
a cultura, a ternura - a fortaleza de um abraço.
Sacia-lhes assim, a carência de outros laços.
Jaqueline Serávia
Enviado por Jaqueline Serávia em 06/11/2007
Reeditado em 08/12/2011
Código do texto: T725134

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jaqueline Serávia
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
233 textos (6466 leituras)
1 áudios (44 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 14:07)
Jaqueline Serávia