Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tragos de Adrenalina

Uma navalha na estrada...
Cortando o asfalto a mil por hora...
Não sinto mais o tempo passando...
Não sinto nada mais que o agora...

Aço e borracha...
Combustível e um motor selvagem...
Sou apenas poeira na estrada...
Uma mancha negra na paisagem...

Venha o sol e seu calor infernal...
Pé no acelerador e acelerador no asfalto...
O vento voa e corre comigo...
Não importa se o preço é muito alto...
Liberdade a mil por hora... Vento amigo!

Milhas deixadas pra trás...
Um percurso rabiscado na terra...
Cruzando os mais diversos lugares...
Desde o sol da praia ao frio da serra!

Umas moedas no bolso e um galão de gasolina...
Um maço de cigarros e bons tragos de adrenalina...
Combustão, homem máquina, máquina pegando fogo...
Quem acelerar menos que eu não joga esse jogo!

A estrada é uma batalha... Sou um general do fronte...
Nos roncos do motor eu orquestro minha melodia...
A estrada é uma batalha... Daqui até o limiar do horizonte...
Nos roncos do motor eu faço minha guerra, faço poesia!

Umas moedas no bolso e um galão de gasolina...
Um maço de cigarros e bons tragos de adrenalina...
Callis Morius
Enviado por Callis Morius em 06/11/2007
Código do texto: T725217

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Callis E. Morius - Pedro Penido). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Callis Morius
Itaúna - Minas Gerais - Brasil
38 textos (1439 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 04:18)
Callis Morius