Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


CANÇÃO DE LUZ 
Juliana Valis




Quis compor uma canção de luz,

 

Canção de amor que transcendesse a vida,

 

Além do mar que teu olhar seduz,

 

No próprio sol que o verso te elucida...

 

 

 

 

Quis compor uma canção de espera,

 

Canção de paz que transformasse o mundo,

 

Aquém do êxtase de uma quimera

 

Bem ou mal, no sonho mais profundo...

 

 

 

 

Mas teu olhar insigne se partiu em versos,

 

Enquanto o mar da vida transbordava em dores,

 

E o coração se foi, em véus dispersos,

 

Na profusão do que seriam cores,

 

Nestes sós amores; nós, nos universos,

 

Poema atroz nos labirintos-flores...

 

 

 

E eu, que acompanhava tua incauta rima,

 

Na mais alta sorte que o coração conduz

 

Perdi-me, aqui, sem norte que já me imprima

 

O sentido intrínseco a uma canção de luz,

 

E ao que há de sol, no que houver de sina,

 

Permeando a fé que o próprio tempo induz !

 

----

 

 

Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 07/11/2007
Reeditado em 05/12/2007
Código do texto: T727935

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
3989 textos (886044 leituras)
4 e-livros (1867 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 05:26)
Juliana Silva Valis