Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O GALHO PARTIDO...


 
     Ary Bueno [ O Príncipe dos poemas e do amor ]
 
Na árvore de minha vida
Pude um dia me abrigar
O sonho com ti querida
Pude a ela também contar
 
Os frutos que ela já me deu
Pude aqui em paz  saborear
Minhas tristeza ela recolheu
E também por ti me viu rezar
 
Foi  á ela,  que eu  confessei
Toda grandeza deste amor
Falei do beijo doce que te dei
E da lágrima que chorei de dor
 
Contei todo os segredos meu
E ela em silencio me escutava
Declamei á ela,  os versos teu
E ela parecia, que feliz ficava
 
Porem um vento, mau e forte
A ela sem piedade, um dia atingiu
Quase a levando para a  morte
E somente um galho resistiu
 
É este galho,  hoje, só e partido
Que conserva dela a lembrança
No tronco, já quase desfalecido
Da minha árvore,  amiga de criança
 
E eu hoje a ela, até já me comparo
Pois o vento mal que a mim atingiu
Me deixou assim triste, sem amparo
Como um galho partido, que resistiu
 
Por estar preso ao tronco da saudade
Mas, vive,  porém, sofrendo esta dor
Causada,  pela tão grande infelicidade
Por eu um dia, ter perdido... o teu amor......
 
 
   
 
Principe dos poemas e do amor
Enviado por Principe dos poemas e do amor em 08/11/2007
Código do texto: T728120
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Principe dos poemas e do amor
Aquidauana - Mato Grosso do Sul - Brasil
885 textos (107526 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 17:41)
Principe dos poemas e do amor