Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRIPA NA GAMELA

( esta "obra", que retrata a "sensualidade" de uma senhora idosa do meio rural, está musicada, em ritmo de xote)

Meu véio, si tu num vai
acupá a tuá muié,
tira as tripa da gamela,
qui eu só vô lavá meus pé!

Meu véio, eu trabaiei,
cuidei porco i galinha;
si tu num vai me acupá,
eu só vô dá um' isfregadinha!

Meu véio, cumué bunito
o luá di cá da roça!
Achu bom mi acupá,
puis u qui s'isfrega coça!

Meu véio, vô lá nu córgo,
tu num qué mi acumpanhá?
Eu vô levá água di chêro,
quié bem capaiz di percisá!

Meu véio, já tô di vorta,
bem cheros'i discansada,
vê si discunfia, hôme,
tua véia tá percisada!
       (Reneu)

Essas véia são danada,
Num tem u menor decoro.
São capais de dá porrada,
Si o véio num dá no coro!
   (Vitório Sezabar)

Reneu do Amaral Berni
Enviado por Reneu do Amaral Berni em 08/11/2007
Reeditado em 09/11/2007
Código do texto: T729246

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Reneu do Amaral Berni). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Reneu do Amaral Berni
Goiânia - Goiás - Brasil, 74 anos
2646 textos (80976 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 16:27)