Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SANIDADE

Na solidão do meu frio quarto

Sua lembrança me vem como assalto
(Minto, penso em você a todo estante)

O coração acelera e a cabeça rodopia

Me sinto como uma folha ao vento

Sem saber ao certo em que direção estou indo

Mas, com a certeza de querer estar em teus braços

Sempre desejei esta LOUCURA DA PAIXÃO

Agora que à tenho

Desejo não mais a SANIDADE


Alberto Ângelo
08/11/2007
 
Alberto Ângelo
Enviado por Alberto Ângelo em 09/11/2007
Código do texto: T730476

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alberto Ângelo
Campos dos Goytacazes - Rio de Janeiro - Brasil
34 textos (1543 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 21:02)