Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perdida de mim me vasculho

 
Um  extermínio em minha alma
se apossa da vida que havia.
O medo do apocalipse me toma.
O que foi, o que é, que sei eu?
Masoch novamente me assombra.
Inércia de sentidos e falsa euforia.
Esta melancolia que me consome!
Alimento-me sem nenhuma fome,
leio sem me ater ao texto:  são letras,
apenas hieróglifos, onomatopéias.
Vivo fingindo viver e engano a mim,
como se fosse possível tal enredo.
Os amigos vão sendo aos poucos
esquecidos.  São meros figurantes
da vida que me deu uma rasteira.
Nada mais faço sem me angustiar.
Sinto um quê ardido.
Hoje uma escuridão bate insistente
como uma goteira à noite inteira.
Não consigo me soltar internamente.
Me camuflei de Maiakovski
me mascarei de Kafka, o meu cruel
ídolo mórbido e sarcástico.
Meu lado Pessoa se mescla
em espasmos no peito e na alma.
Quem tem medo de Virgínia Woolf?
Embebedo-me na minha aflição.
Meras lembranças cotejadas.
Agonia, melancolia e pavor
de que notícias funestas
venham à minha porta bater.
Não, eu não sigo meu caminho.
levada pelas brumas, folha
perdida e amarelada entre pântanos,
à procura do sonho perdido.
Não acordo. Caio nas incertezas.
Será que morri? estou levitando?
Voltei ao meu buraco negro
tão esquecido, tão conhecido.
São lembranças que retornam
de tempos idos, perdidos.
Imensa angústia me consome.
E pela depressão afundo
nesta areia movediça, engulo
afogada este entorpecer.
Que insana sina é esta
que me joga assim de encontro
a esta  ftriste condição?
Ah, profundo desassossego.
Amargos dias e saudades.
Meu coração está comprimido.
Amputada, minha alma inútil
encontra-se amedrontada
por torturas não concebidas.
Nenhum sorriso ou afeto elevam
este estado aflito e arrasado.
Eu me queria morta e desprezada.
tudo, menos este tormento!
                         08/11/2007


Vera Sarres
Enviado por Vera Sarres em 10/11/2007
Reeditado em 22/11/2007
Código do texto: T731779

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.sitedoautor.net"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vera Sarres
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
114 textos (4196 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 04:10)
Vera Sarres