Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Segredo

Quando o albor trouxe da várzea o cheiro dos jardins.
Senti na aragem o teu perfume voluptuoso
Por um isntante o meu corpo fremiu ...inconstante
Imaginando tua presença, o teu asemblante....

Quando por fim notei que era mais um sonho,
Perdi o chão que tinha , e os desejos tantos
Por não ter próximo este teu cândido sorriso
Que nos meus versos entre linha eu exponho....

Hoje sou nau que vaga a esmo na ternura
Deste sublime sentimento que é meu algoz
E condena-me a esta eterna desventura
De desejar-te, e nunca poder te ter...

Ah! se abrasado eu me queimasse inteiro
Então seria só mais uma luz que se eximiu
Mas não teria mais no peito este amor tenro
Que os teu olhos, não me olhando , destruiu.


Encomendado por minha amiga:
Analia  !!!!

Beijos pra ti menina.
Moisés Lopes
Enviado por Moisés Lopes em 10/11/2007
Reeditado em 10/11/2007
Código do texto: T731846
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Moisés Lopes
Curitiba - Paraná - Brasil, 33 anos
303 textos (12995 leituras)
2 áudios (134 audições)
1 e-livros (69 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 05:05)
Moisés Lopes