Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESPOREANDO

Enquanto eu era mel de abelha...
Você falava o que lhe dava na telha.
Enquanto eu cavalgava mansamente.
Você esporeava o coração da gente.
Não apenas me machucava.
Se machucava também.
Nunca se maltrata quem se quer bem.
SONIA DELSIN
Enviado por SONIA DELSIN em 11/11/2007
Reeditado em 11/04/2011
Código do texto: T732743

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SONIA DELSIN
São Carlos - São Paulo - Brasil
4795 textos (81394 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 04:54)
SONIA DELSIN