Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
SOBREVIVÍ

Chegaram as ondas
vieram os vendavais,
circunstâncias anormais
mudaram a rotina.
Arrombaram as cortinas
lotaram as igrejas,
derrubaram as mesas
a paz transformou-se em caos.
Um vermelho alaranjado
tomou conta do azul
e um branco acinzentado feito pó,
feito fumaça foi envolvendo
as praças e assustando a multidão.
Ouvia-se um nada,
depois uma disparada de gritos
misturados, transformando em pânico o silêncio.
Sons trazidos e levados pelo vento,
jogados feito papéis,
voavam dentro de velhos tonéis.
Era isso a origem de todos os pensamentos.
Sobrevivi! A mim mesmo,
superei meus medos e hoje estou vivo.
Trazendo comigo a experiência desse aprendizado
nessa dor que só o amor supera,
essa foi a minha guerra e eu venci . . .

homenino poeta
Enviado por homenino poeta em 12/11/2007
Código do texto: T734170

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (homenino poeta http://www.homeninopoeta.prosaeverso.net/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
homenino poeta
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
2153 textos (102605 leituras)
69 áudios (15242 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 09:28)
homenino poeta