Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Flor de veneno!



És tu, ó flor de antipatias,
qual veneno perverso e adocicado
a correr do olho ao rabo
atanazando a tua alma,
dando o teu melhor recado
ao mundo.

Ficas assim
nesse jejum de alegria e de felicidades
mas hei de te deixar saudades
por tudo o que como dor levar
para não mais voltar
a nenhum dos teus braços.
Paulino Vergetti Neto
Enviado por Paulino Vergetti Neto em 13/11/2007
Código do texto: T735331
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulino Vergetti Neto.(paulinovergettineto.blogspot.com/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulino Vergetti Neto
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 59 anos
2398 textos (137200 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 00:00)
Paulino Vergetti Neto