Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FALSA PÁTRIA

Olá, meu brasil!
Eu tenho braços e dedos,
e não sou poeta,
porque não desejo.
Pra que poetar, se posso criticar?
É tão prazeroso quanto o sexo.

Olá, meu brasil!
Além de membros,
tenho um corpo,
que não deito!
Não mergulho os pensamentos
em um desgastado travesseiro.
Pra que descansar se não faço por merecer?

Olá, meu brasil!
Também tenho peito,
mas por dentro,
nenhuma pátria bate com esplendor efeito.

Não mereço a pátria que tenho,
que do berço me tirou e me adotou,
fornecendo-me uma certidão de nascimento adulterada.

Ainda assim, meu brasil!
Não escrevo, porque não desejo!

Não preso de alguns textos,
pra saber o quanto sábio sou.
ADAMS ALPES
Enviado por ADAMS ALPES em 17/11/2007
Reeditado em 06/09/2008
Código do texto: T741166

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ADAMS ALPES
Caçapava - São Paulo - Brasil, 34 anos
29 textos (1538 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 02:40)
ADAMS ALPES