Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Corpos ardentes
000zk6e8


Nossos gostos de misturam,
é você em mim, sou eu em você,
no louco desejo de nos ter

A volúpia na boca,
a loucura nos invade,
a cabeça não pensa, o corpo manda...

São pernas, braços, gritos e sussurros,
indo noite a dentro, rasgando a madrugada,
a insana dança dos sentidos comanda.

Corpos ardentes, indecentes,
suados, alucinados, encaixados,
entregues aos caprichos da louca paixão. 
000zk6e8

ÐäMå Ðë ÑëG®ö

Apenas uma mulher que já riu, amou, se entregou e chorou.
Escrevo apenas o que sinto. Muito longe de ser uma poetisa, sou alguém que apenas sente!

Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 23/11/2007
Reeditado em 18/05/2012
Código do texto: T749503

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146790 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 07:11)
Dama De Negro