Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Etevaldo

- vim te comer!

- odeio você, Etevaldo

- mas como me odeia?
nem é lua cheia!

- mas noite é dia, bundão
será que não sabe?

- claro que sei
e tudo lhe cabe:
o ódio, desespero, o torpor
mas e o sonho?

- o sonho é pra aqueles
que ficam no ar
achando que tudo
podem conquistar

- deve ser comigo
por isso é que vim
te comer, te buscar
durante o dia
o sol me obriga
a com isso sonhar


Rio, 24/11/2007
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 25/11/2007
Código do texto: T752182

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6828 textos (147999 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 00:55)