Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ninguém como eu

Como fui tolo
Acreditar em sua verdade
Planejar sem maldade
Viver na saudade

Nunca ninguém a quis tão bem
Jamais terás a beleza de um amor tão puro
Queria eu acreditar que tudo não se passou de mal entendido
Descobrir que eu só tive um pesadelo

A dor sufoca m´alma
Me impede de agir
Tormenta meu ser
Me faz infeliz

Ninguém te amou
Como eu amei
Ninguém por ti chorou
Como eu chorei

Ninguém a louvou e bem-diz
Como eu o fiz
Ninguém a deu tantos momentos felizes
Como eu lhe dei

Ninguém respeitou suas razões
Como eu respeitei
Ninguém a cobriu de jóias
Como eu cobri

Ninguém a fez tão feliz
Como eu fiz,
Não fiz?
L Nissola
Enviado por L Nissola em 27/11/2007
Reeditado em 19/02/2008
Código do texto: T754204

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
L Nissola
Curitiba - Paraná - Brasil
65 textos (3869 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 02:39)
L Nissola