Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aprendi uma coisa
Nesta vida
Que os caminhos
Que cruzamos
Não não sao atoa
Não são em vão
Não são ao acaso

Já cruzei meus caminhos
Com muitas pessoas

E no final sempre
Fiquei sozinho e solitário

Mais cada um tem
Um papel
E um destino
A desempenhar
Neste mudo

Eu sei que tenho
Um dom

E o uso

Meu destino
Sempre foi
Cruzar
O caminha das pessoas
E mudar
Ou mostrar
Os seus caminhos

E assim eu tenho feito

No final
Não sou mais um amigo
Não tenho mais
A amizade
A compreensão
A consideração

E muito menos o amor

Amor este que eu tento
Levar
E mostrar a todos

O amor a si mesmo
O amor verdadeiro
E incondicional

O amor a vida


No final
Nada mais importa
Pois o que importa
É que fiz o que tinha que ser feito

E fico feliz com isso
Mesmo
Sozinho
E sem o que levo
E mostro
Como posso

Desejo
Que os que cruzaram
Os caminhos comigo
Se descubram
E no final
A felicidade
E o amor
Estejam
Sempre em seus coração
Isto é o que alivia
O grande fardo
Que no final
Fica comigo

Mais é o que eu mais
Desejo

A todos
Os que no final
Cruzaram os seus caminhos comigo

Paz
Harmonia
E muito amor

Assim são os caminhos
Que se cruzam

Iluminate sempre
Sal Eterno Aprendiz
Enviado por Sal Eterno Aprendiz em 27/11/2007
Reeditado em 27/11/2007
Código do texto: T754726

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sal Eterno Aprendiz
São Paulo - São Paulo - Brasil
550 textos (32454 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 04:30)
Sal Eterno Aprendiz