Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Das rimas

Um dia busquei a rima
Como criança que busca
Os olhos brilhantes,
O corpo estonteante
Daquela linda prima.

Imaginava nela a musa,
A estrela do amanhecer,
O cometa radiante
Noturno, inebriante,
Sem calça, sem blusa.

Mas o tempo passou
Entre sonhos e realidades.
A musa desmanchou-se,
dando lugar às emoções.
As palavras brotam
como lágrimas de alegria
ou tristezas soluçantes,
Permitindo-se,
No instante,
Um surto de saudade,
A eventual rima,
Que retorna,
Não como norma,
Mas como sonho de liberdade.
Rafael Cabral Cruz
Enviado por Rafael Cabral Cruz em 28/11/2007
Reeditado em 02/12/2007
Código do texto: T756134
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Rafael Cabral Cruz, São Gabriel, RS.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Cabral Cruz
São Gabriel - Rio Grande do Sul - Brasil, 54 anos
61 textos (1918 leituras)
5 áudios (176 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 15:32)
Rafael Cabral Cruz