Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poetizar

POETIZAR

Eu, a caneta e o papel!
Com eles vou até o céu
Deslizo nos anéis de plutão
Passo pelas constelações de orion
Retorno novamente ao chão
Transcendo em outra dimensão
Escuto os queixumes das rosas
Os pensamentos das borboletas
O lamento triste da coruja seresteira
Atinjo o sexto sentido
Vou até a era de cristo
Sou cristão, sou ateu!
Sou fariseu, sou judeu!
Sou semita, sou anti-semita!
Sou pilatos e suas mãos lavadas
Sou a verdade não dita!
Sou até hitilista no tempo da guerra fria
Sou a bala que atingiu o papa
No dia de sua agonia!
Sou José, sou Maria!
Sou Jesus, sou qualquer um...!
Sou eu a caneta e o papel

 

poeta plebe
Enviado por poeta plebe em 28/11/2007
Código do texto: T757110
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
poeta plebe
Abreu e Lima - Pernambuco - Brasil, 40 anos
108 textos (2551 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 01:33)