Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na Carona da Vida

Apenas mais um passageiro.
Nasci com a marca dos tempos.
Quase não vinguei.

Bem sabem vocês...
Pai, inesquecível pai.
Mãe, eternamente mãe.

No berço tornei-me um herói.
Colocado à prova pela vida, tentei superar...
Apenas martirizei-me com este heroísmo...

Quando criança, na escola e na rua, deboches...
Eram brincadeiras que feriam meu íntimo,
Momentos que deixariam marcas eternas...

Chorei na calçada – como chorei...
Quisera que nunca soubessem...
Paixão latente que carrego.

Hoje aqueles prantos,
Em certos momentos,
Tornam-se acalantos.

Como sofri – sofro.
As vicissitudes da vida que as digam.
A nostalgia faz parte de mim.

Uma história – uma vida.
Um passado que não se apaga;
Reminiscências do que passei naquele dias.

Felipe 16/11/2007 – Parauapebas PA
Felipe Antonio Martinez
Enviado por Felipe Antonio Martinez em 29/11/2007
Reeditado em 29/11/2007
Código do texto: T757713
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Felipe Antonio Martinez
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 63 anos
127 textos (7678 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 20:44)
Felipe Antonio Martinez