Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" Basta "

Tiros na madrugada!
Suspense, apreensão, medo. . .
Lágrimas pela manhã,
Os que sabem não sabem de nada.
O ódio no olhar de quem ficou,
Vai ter volta, jura.
E a violência gera filhos. . .
A noite chega e o anjo da morte caminha na madrugada escura,
Tiros ! replay da noite passada. . .
Quem viu não vai falar. . .
Meu Deus ! até quando essa violência vai colocar algodão na boca de uns e medo nas outras que só podem chorar.
reação em " cadeia", ironia. . .
E outra noite virá. . .
Meu Deus, até quando?
beto poeta
Enviado por beto poeta em 29/11/2007
Código do texto: T757953

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de José Roberto dos Santos silva e o e- mail pegasus_gja@yahoo.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
beto poeta
Guarujá - São Paulo - Brasil, 48 anos
49 textos (4036 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 09:40)
beto poeta