Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CORAÇÃO LOUCO, FLAGELADO

Silêncio, quieto, sentado
Permaneço muito tempo neste estado
Confusas lembranças
De um passado tão presente
Tão duro, tão malcriado

O Rock no ouvido
Me dá um ar orientado
Coloco lápis e papel de lado
Na cozinha um cheiro acebolado
Na cabeça uma palavra:
Castrado...castrado... castrado...

No corpo, tudo é rasgado
O coração louco, flagelado
Me pergunto se sou gente
Ou se é um sonho
Olho a parede... parado...
Na cabeça uma palavra
Já disse qual
Mas também um som:
Ocupado...ocupado...ocupado...

No peito uma emoção:
Culpado... culpado...culpado
O que é pior que ser gente?
Por que é melhor ser demente?
Gê Muniz
Enviado por Gê Muniz em 29/11/2007
Código do texto: T758478
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gê Muniz
Campinas - São Paulo - Brasil
1210 textos (34598 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 07:21)
Gê Muniz